São Paulo encara Flamengo de Ceni após iniciar crise do rival

O São Paulo sofreu bastante para eliminar o Fortaleza, dirigido por Rogério Ceni, nas oitavas de final da Copa do Brasil. A classificação só foi obtida na disputa por pênaltis, e o prêmio do time tricolor foi avançar à fase seguinte para enfrentar o Flamengo, de Rogério Ceni.

Ídolo do clube do Morumbi por sua vitoriosa carreira como goleiro, o treinador foi o escolhido para substituir o catalão Domènec Torrent no comando da equipe da Gávea. Ele deixou a formação cearense, chegou na terça-feira (10) ao Rio de Janeiro e já estará no banco do Maracanã nesta quarta (11).

E a presença de Ceni no duelo tem tudo a ver com o próprio São Paulo, que goleou o Flamengo por 4 a 1, no último dia 1º, e iniciou uma crise no adversário. O time rubro-negro, que vivia uma sequência de 12 jogos de invencibilidade, foi goleado também pelo Atlético-MG, na sequência, e Torrent caiu.

Desenhou-se o cenário, então, para que o ex-jogador voltasse a enfrentar seu velho clube, agora com um elenco bem mais poderoso, com expectativas altas. O primeiro embate nas quartas de final ocorrerá às 21h30, com transmissão da Globo e do SporTV.

“É um momento especial para mim, em meu 30º ano no futebol. Já enfrentei o Maracanã cheio. Agora, trabalho a favor deste clube”, afirmou Ceni, que assinou contrato até dezembro de 2021.

O acerto esfriou a possibilidade de ele retornar ao São Paulo no próximo ano, hipótese que vinha sendo cogitada pelos candidatos na eleição presidencial do Morumbi. E serviu para aliviar um pouco a pressão sobre o técnico Fernando Diniz, sempre ameaçado pela sombra do ídolo.

Agora diante de Rogério, o atual comandante são-paulino tentará mostrar que a superioridade demonstrada dois domingos atrás não foi mero fruto de uma jornada atípica. E buscará ganhar estabilidade em uma temporada de altos e baixos.

Logo após a goleada sobre o Flamengo, o São Paulo caiu na Copa Sul-Americana, sua terceira eliminação no ano. Mas o time tem o melhor aproveitamento do Campeonato Brasileiro, está vivo na Copa do Brasil e espera renovar o ânimo com mais um triunfo sobre o atual vice-campeão do mundo.

“Cada jogo é um jogo. Não dá para olhar para trás, isso está no passado”, disse Diniz, minimizando o efeito da vitória recente no Rio de Janeiro. “O que importa é o jogo de agora. Temos que focar as qualidades do Flamengo e ver onde podemos levar vantagem.”

O embate começa nesta quarta, no Rio de Janeiro, e termina na próxima, no Morumbi, em São Paulo. Não há na Copa do Brasil o critério dos gols fora de casa como desempate. Avançará o time que marcar mais gols em 180 minutos. Em caso de igualdade, haverá disputa por pênaltis.

O sobrevivente enfrentará nas semifinais o vencedor do duelo entre Grêmio e Cuiabá. Essa disputa começará às 19h desta quarta, na Arena Pantanal, com transmissão do SporTV.

Fonte: Uol – Folha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *