1 de Julho, 2022

Rodrigo Mussi relembra infância com os pais: ‘Se agrediam na minha frente’

Em sua primeira entrevista após o acidente de carro que sofreu há dois mesesRodrigo Mussi disse que o trauma o fez refletir sobre as batalhas que já precisou encarar na vida.

“A pergunta que eu fazia para mim mesmo era: ‘Até quando eu vou lutar?’. Tive lutas drásticas, muito fortes, e aí eu perguntava: ‘Mas de novo?’”, conta o ex-BBB.

“Nasci num lar bem difícil, de pais que se agrediam na minha frente, que chegavam bêbados. Minha mãe ia trabalhar e me deixava com uma mulher que abusava de mim”, disse ele, que na época do abuso tinha cerca de 5 anos.

“Fui morar com a minha mãe. Aos 11 anos, minha mãe me expulsou de casa. Depois eu fui morar com o meu pai (…) Meu pai sempre um cara que era bem difícil, ele me xingava bastante desde a adolescência, me expulsou com 17 anos”, relembra.

“Tive que construir meus próprios valores. E é muito difícil porque em casa eu não tinha nada. Tive que aprender tudo na vida, estudando sozinho, tendo relacionamento com as pessoas, aprendendo com a vida. Sempre acordei com essa pensamento: não posso dar errado, tenho que dar certo”, afirma.

Mussi conseguiu se formar em administração de empresas. Quando fez 25 anos, ele e o pai voltaram a se entender. Só que uma tragédia interrompeu a reconciliação.

“Meu pai me chamou para sair numa noite e aí conversamos, trocamos uma ideia legal. A gente ia embora, cada um para sua casa, e eu realmente preferi seguir ele. Aí eu peguei o carro dele batido na mureta. Segurei ele no colo, ele tremia muito. Os bombeiros me tiraram e ele parou de respirar no meu colo. O médico legista me falou: ‘Seu pai veio a óbito’”.

-G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.