Presidente Partido Solidariedade é Condenado a 10 anos de Prisão por Corrupção

STF condena Paulinho da Força a 10 anos de prisão por corrupção.

Deputado facilitava empréstimos do BNDES para empresas e recebia parte do dinheiro de volta. Ele chegou a indicar diretores para o banco estatal

O deputado respondia a um processo em que as investigações revelaram que, em troca de favorecimentos políticos, incluindo a liberação de empréstimos, ele recebia uma parte do valor liberado para empresas e empresários.

Na época dos crimes, Paulinho tinha influência no banco estatal e tinha chegou a indicar nomes para a direção da instituição.

“Elementos de prova colhidos nos autos da investigação revelaram indícios de que o Deputado Federal Paulo Pereira da Silva participava das ações do grupo consistentes no desvio dos recursos do BNDES e se beneficiava da partilha da ‘comissão’ cobrada aos beneficiários dos financiamentos”, afirma a decisão.

O advogado Marcelo Leal, responsável pela defesa de Paulinho no processo, afirma que vai recorrer da decisão, já que a votação não foi por unanimidade no caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *