Petrobras quer intimidar com pedido de investigação, diz presidente da CPI

O presidente da CPI da Petrobras, Hugo Motta (PMDB-PB) reagiu nesta sexta-feira (15) ao pedido da equipe jurídica da Petrobras para que a Procuradoria-Geral da República investigue o vazamento de atas e gravações da estatal enviadas à comissão no dia 4.
Leia mais (05/15/2015 – 15h57)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *