Observatório de Saúde da Mulher de Rondonópolis

É com muita satisfação e expectativas que informamos a implantação do Observatório de Saúde da Mulher em nossa cidade no dia 28 de maio de 2020. Esta data marca duas lutas para a saúde feminina, o Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher e o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna, Ambas têm como objetivo chamar a atenção e conscientizar a sociedade dos diversos problemas de saúde e distúrbios comuns na vida das mulheres.

O observatório foi idealizado nesse ano de 2020 por professores da UFR dos cursos de Enfermagem e Psicologia/UFR, preceptores da Secretaria Municipal de Saúde e bolsistas dos cursos de biologia, enfermagem, medicina e psicologia, todos integrantes do PET-Saúde/Interprofissionalidade, um programa dos Ministérios da Saúde e da Educação, o PET-Saúde/Interprofissionalidade que tem o objetivo de ampliar a integração da formação acadêmica aos serviços de Saúde.

O Observatório tem a finalidade de analisar dados e produzir informações a partir da Vigilância em Saúde da Mulher, de modo que contribua com o aperfeiçoamento dos processos de gestão do SUS em âmbito local, Em outras palavras, trata-se de um instrumento de levantamento, análise, repercussão e transparência de informações, que permitirá tanto a conscientização popular sobre a saúde da mulher quanto a problematização e fundamentação do planejamento de ações da gestão municipal.

Vale destacar, de início, como se deu o atual panorama da saúde da mulher, pois foi somente a partir das primeiras décadas do século XX que a atenção à saúde da mulher passou a fazer parte das políticas públicas do país, mas sempre voltada basicamente para o aspecto reprodutivo, décadas depois, a histórica 8ª Conferência Nacional de Saúde, em 1986, delimitou os princípios de promoção e universalização da saúde, o que notoriamente passou a incluir todos os aspectos da saúde humana, ampliando o conceito de saúde, e não somente o reprodutivo – no caso das mulheres.
Partindo dessa perspectiva ampliada de saúde, universitários e tutores da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), juntamente com profissionais atuantes na área, promoverão ações colaborativas entre ensino-serviço por meio do Observatório em implantação, não há dúvidas de que os principais beneficiados serão os usuários do SUS, especialmente as mulheres, claro. Também os profissionais da saúde e da gestão pública também poderão usufruir dessa iniciativa.

Em breve, serão desencadeadas as primeiras ações do Observatório, que já está levantando e analisando diversos indicadores de saúde da mulher. Além de repercutir as informações na perspectiva da comunicação pública em saúde junto à população, os resultados serão apresentados aos gestores e profissionais de saúde e ao Conselho Municipal de Saúde,
em suma, há muito trabalho a ser feito e precisamos aproveitar essa rica oportunidade, Para tanto, contamos com apoio dos serviços de saúde e de toda a população, estamos abertos para o diálogo, e na medida do possível divulgaremos os resultados e impactos desse trabalho.

Coordenação do PET-Saúde/Interprofissionalidade: Prof. Dr. Alcindo José Rosa
Contatos:
Instagram: @observatoriorooo
Emai-l: observatoriorooo@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *