29 de Junho, 2022

Morador de rua teve cabeça esmagada em crime por vingança

Um homem, identidade não divulgada, se entregou à polícia nessa quinta-feira (19.05), depois que confessou ter matado o morador de rua Diego Costa Santos, de 30 anos, em Aripuanã (712 km de Cuiabá). Ele justificou o crime dizendo que a vítima teria roubado alguns pertences seus e, por isso, se vingou.

 

Em declaração à imprensa, o delegado Flávio Leonardo Santana Silva disse que o homem foi procurá-lo para confessar o crime de forma voluntária. A polícia ainda investiga a participação de mais uma pessoa no caso.

“Graças ao empenho e dedicação da equipe, o crime foi esclarecido com a identificação da autoria e prisão do suspeito menos de seis horas após o crime”, destacou o delegado.

Diego Costa Santos teria furtado o assassino

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Aripuanã, onde após ser interrogado, foi autuado em flagrante pelo crime.

 

Diego Costa Santos foi encontrado morto com o rosto desfigurado e o crânio esmagado em um barracão, próximo de um posto de combustíveis, no município de Aripuanã. Ao lado do corpo foram encontrados blocos de concreto que podem ter sido utilizados no crime.

Em imagem que circula pela internet, é possível ver que o cachorro de estimação da vítima ficou deitado ao seu lado, o que comoveu a população.

– Reporter MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.