MATO GROSSO; PJC prende apreende 200 kg de pescado irregular em MT; sete pessoas foram presas

Operação também apreendeu dois barcos de alumínio, dois motores de popa, uma caminhonete e aproximadamente sete bolos de redes de pesca

Sete pessoas foram presas por pesca predatória durante uma força tarefa da Polícia Judiciária Civil (PJC) nesta sexta-feira (26), no município de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km de Cuiabá-MT). A Operação ‘Rede Maldita’ também resultou na apreensão cerca de 200 quilos de pescado irregular, que foram doados para famílias carentes, através da Pastoral das Crianças

 

As diligências iniciaram depois que os investigadores receberam uma denúncia anônima relatando que um grupo de pescadores vinha praticando a modalidade ilegal, nos rios Guaporé e Sararé, utilizando redes para fazer a captura, modo considerado como pesca predatória.

Diante das informações obtidas, os policiais civis foram até o local indicado e avistaram uma caminhonete, modelo Ford F-4000, transportando dois barcos e algumas pessoas sobre o veículo. Durante a abordagem, foram encontradas mais duas caixas térmicas contendo diferentes espécies de peixes, além de motores de popa, varas e redes para a pesca.

Os suspeitos foram detidos e conduzidos para a delegacia do município, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental contra a fauna, por transporte e comercialização de espécimes provenientes da pesca proibida.

fonte; circuitomt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *