Juiz federal Kassio Marques assume como ministro Nunes Marques no STF

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, o juiz federal Kassio Nunes Marques, 48, tomou posse nesta quinta-feira (5) no Supremo Tribunal Federal, para ocupar a vaga deixada pelo ministro Celso de Mello.

O novo ministro optou por ser chamado de Nunes Marques nas sessões da corte, informa Matheus Teixeira, na Folha.

Até então, o magistrado era conhecido no Tribunal Regional Federal da 1ª Região como Desembargador Federal Kassio Marques.

Antes de ter seu nome aprovado pelo Senado, o sucessor do decano teve o currículo acadêmico contestado por suspeitas de plágio na dissertação de mestreado e em tese de doutorado. Enfrentou também questionamentos sobre pós-graduação desmentida pela Universidade de La Coruña, na Espanha.

“Vossa excelência tem reputação ilibada, vossa excelência tem pelo seu currículo notório saber jurídico, vossa excelência tem conhecimento enciclopédico e, acima de tudo, independência olímpica”, saudou o presidente do STF, ministro Luiz Fux.

Segundo informa o STF, participaram presencialmente da solenidade os presidentes da República, Jair Bolsonaro, do Senado Federal, Davi Alcolumbre, e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Também estiveram presentes no Plenário o procurador-geral da República (PGR), Augusto Aras, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, e, ainda, os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Luís Roberto Barroso, Edson Fachin e Alexandre de Moraes.

Os ministros Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Rosa Weber e Marco Aurélio acompanharam a sessão solene por videoconferência.

Fonte: Folha de São Paulo – notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *