Grávida com Covid-19 está internada em estado grave após parto emergencial

Arquivo Pessoal

image

A grávida Andréia Aparecida de Lara foi diagnosticada com Covid-19 no final de sua gestação e precisou dar à luz ao filho Davi, com 38 semanas devido às complicações causadas pelo novo coronavírus. O parto deveria ocorrer no final de julho, no dia 24. Após o parto, Andréia foi internada em estado grave, em Sorriso. 

Visando a proteção ao bebê, a equipe médica precisou adiantar o parto, realizando uma cesárea de emergência nesta semana. Após o parto, a mãe de Davi foi transferida para um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em um hospital particular de Sorriso. 

Segundo a família de Andréia, nenhum dos familiares apresentou os sintomas da doença, enquanto, ela começou a sentir dores no corpo e febre na 36ª semana de gestação. A suspeita é que a mãe possa ter se contaminado durante as consultas do pré-natal.

A irmã da vítima, Ana Paula de Lara Riva, declarou que o bebê já fez o exame para testar a Covid-19 e a família aguarda o resultado. Davi encontra-se internado na ala pediátrica e é acompanhada pela tia, que já testou negativo.

Antes do parto, Andréia realizou uma tomografia, constatando que estava com 50% dos pulmões comprometidos. Durante a recuperação pós-parto, a paciente teve uma embolia pulmonar, sendo intubada em seguida. Apesar de tudo, o hospital informou à família que a mãe está estável. 

Andréia é casada e mãe de mais um filho de 10 anos. A família segue em isolamento social, mesmo não apresentando sintomas.

Fonte: Estadão MT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *