Denúncia, tendências e Prêmios Esso: 50 anos da revista Placar em capas icônicas

Como forma de homenagear a icônica publicação, GloboEsporte.com escolhe as principais capas que envolveram os maiores times do Brasil e acontecimentos no futebol

No dia de 20 de março de 1970, pouco antes da Copa do Mundo do México que o Brasil levaria para casa, era publicada a primeira edição da revista Placar. Dedicada principalmente ao futebol, a publicação reuniu nomes importantes do jornalismo brasileiro, como Marcelo Rezende, Juca Kfouri, Paulo Vinicius Coelho, entre outros.

Como forma de homenagear a revista que influenciou gerações de apaixonados por esporte – e também de vários jornalistas que você lê, escuta e assiste por aí – o GloboEsporte.com reproduz algumas das capas mais icônicas da revista e conta também um pouco sobre a principal matéria de cada uma delas.

Possivelmente a principal reportagem da história da revista saiu na edição de número 648, em 22 de outubro de 1982. Depois de um ano de investigação do repórter Sérgio Martins, a Placar publicava uma extensa matéria na qual falava da relação entre apostadores, dirigentes e até jogadores na loteria esportiva. No fim das contas, ninguém foi preso, mas a loteria esportiva perdeu toda a credibilidade que tinha antes da publicação.

No fim do período da Ditadura Militar no Brasil, a Placar mostrou que política e futebol andam juntos, sim. Em duas capas no mês de abril de 1984, a revista publicou uma nova versão de Pelé – que apoiava as Diretas Já – e também uma entrevista com Sócrates. Na época, o craque do Corinthians garantiu que se a emenda Dante de Oliveira (que pretendia reinstaurar as eleições diretas no Brasil) fosse aprovada, ele ficaria no país. Não foi o caso, e Sócrates rumou para a Fiorentina, na Itália.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *