23 de Maio, 2022

Caminhoneiro que caiu no Portão do Inferno em MT completa 6 dias na UTI e segue sem previsão de alta

O caminhoneiro foi resgatado após quatro horas preso às ferragens — Foto: Reprodução

O caminhoneiro Daniel Francisco Sales, de 65 anos, que caiu no Portão do Inferno, em Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, após perder o controle da direção do caminhão, segue internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), sem previsão de alta, segundo a unidade de saúde.

Daniel foi socorrido no dia 4 deste mês, cerca de quatro horas após o acidente. Ele sofreu múltiplas fraturas, passou por cirurgia e foi encaminhado à UTI, onde permanece internado.

De acordo com o hospital, o estado de saúde dele segue estável, mas sem previsão de quando poderá voltar para casa.

Durante o resgate, o motorista estava consciente e conversando, mas depois foi levado ao hospital já em estado grave.

O Corpo de Bombeiros disse que o penhasco onde o caminhão caiu era de difícil acesso. Um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) foi acionado para auxiliar na operação.

O acidente

Uma câmera de monitoramento registrou o momento em que o motorista perde o controle da direção do caminhão, bate em um paredão de rochas e cai no precipício.

O veículo transportava galões de água, que caíram e se espalharam pela pista.

Equipes da Polícia Militar, bombeiros e Ciopaer se reuniram para trabalhar no resgate da vítima.

-g1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.