BRASIL; ‘Quem precisa de foro privilegiado?’: como decisão do TJ pode beneficiar Flávio com mecanismo que família Bolsonaro criticava

A mais recente decisão do Tribunal de Justiça do Rio concedeu foro especial a Flávio Bolsonaro (Republicanos – RJ) no caso das “rachadinhas”, que investiga o suposto desvio de dinheiro público no gabinete do filho do presidente quando ainda era deputado estadual.

Se hoje é parte da estratégia de defesa de Flávio, o foro especial por prerrogativa de função, mais conhecido como foro privilegiado, era criticado pela família Bolsonaro. Esse é o mecanismo que prevê que algumas autoridades não são julgadas pela primeira instância, como outros cidadãos, e sim por tribunais superiores.

Após a decisão de quinta-feira (25), voltou a circular na internet um vídeo publicado por Eduardo Bolsonaro em 2017, sob o título “Quem precisa de foro privilegiado?”.

No vídeo, o então deputado federal e hoje presidente Jair Bolsonaro critica parlamentares que, segundo ele, buscavam reeleição para manter foro privilegiado. Flávio aparece ao lado do pai e não se pronuncia.

“Dos 513 deputados, 450 vão ser reeleitos. Por que eles têm que ser reeleitos? Para continuar com o foro privilegiado. O único prejudicado com o foro privilegiado agora sou eu, eu não quero essa porcaria de privilégio. Eu sou o único deputado federal prejudicado com esse foro privilegiado”, disse o pai.

fonte; bbcbrasil.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *