Aulas foram suspensas em hospital por falta de equipamentos de segurança nota

julio muller 680

Em resposta à nota de repúdio assinada pelos estudantes de medicina da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), a direção do Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM) afirmou que aulas práticas foram suspensas na unidade por falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

“Este fato foi determinante na decisão de suspender as atividades de graduação – internato médico, tomada em conjunto com a Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso (FM-UFMT), por meio da Comissão de Internato. A questão do fornecimento desses equipamentos passou a ser normalizada a partir de agosto”, disse a direção em trecho de documento.

Estudantes consideraram negligência e falta de compromisso por parte da unidade hospitalar. Isto porque, de acordo com os discentes, atividades de ensino foram encerradas no dia 11 de março de 2020, em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Com isto, ao menos 375 estudantes deixaram de realizar as atividades práticas no hospital.

Por decisão do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), estudantes internos, que estão nos últimos dois anos de graduação, foram autorizados a retornar ao hospital. Ainda assim, no entanto, segundo os estudantes, 69 internos e outros 227 alunos do ciclo básico permanecem sem atividades básicas e sem perspectivas de continuá-las.

De acordo com o HUJM, por outro lado, a volta dos estudantes tem acontecido desde o dia 5 de outubro de forma gradativa, com prioridade aos estudantes dos últimos anos.

“Nesse sentido, e em sintonia com a garantia de segurança sanitária para os estudantes, aliada à formação pública, gratuita, de qualidade, e pela indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa, Extensão e Assistência, o HUJM tem buscado assegurar o funcionamento de suas atividades, sempre atento às demandas da sociedade em geral e com atendimento 100% dedicado ao Sistema Público de Saúde (SUS)”, finalizou.

Fonte: RDnews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *