Após bronca de Bolsonaro, PRF omite coronavírus de nota que lamenta morte de agente

Em nota de pesar sobre a morte do agente Flávio José Souza Gomes publicada nesta terça-feira (3), a Polícia Rodoviária Federal disse que ele morreu após “uma enfermidade” o levar à UTI em 21 de outubro, omitindo a causa: Covid-19.

Em maio, Jair Bolsonaro reclamou de comunicado da PRF sobre morte de policial que mencionava coronavírus. Semanas depois, o então diretor-geral da órgão foi demitido.

Procurada, a PRF não respondeu.

Fonte: Folha de São Paulo – notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *