ALAGOAS; decreto e prorrogado até dia 22 e aumento de fiscalizações no Agreste

O governador ainda reforçou o apelo para que a população cumpra o isolamento social

No final da manhã desta quarta-feira (10), o governo do Estado e a Prefeitura de Maceió, participaram de uma coletiva onde foi comunicado a prorrogação do atual decreto que determina o isolamento social no Estado e no municipio.

De acordo com a nova atualização do decreto estadual, a medida passa a valer até o dia 22 de junho e durante o periodo haverá intensificação das fiscalizações na região agreste do estado, onde o número de casos de covid-19 tem crescido.

Ainda foi informado na coletiva, que está sendo organizado um novo protocolo sanitário para reabertura da economia no estado, segmentado em cinco fases.

A primeira fase é a vermelha, que se caracteriza na atual, seguida da etapa laranja, quando se da  início ao processo de reabertura econômica, que tem data prevista para ocorrer no próximo dia 22.

“O que muda nesse decreto é que a região de Arapiraca vai ser o novo foco de fiscalização, por se registrar que, na capital, a demanda hospitalar tem diminuído”, informou o governador.

O novo decreto ainda determina que as aulas nas escolas e os trabalhos presenciais no serviço público ficam suspensos até 30 de junho.

O governador Renan Filho, ainda ressaltou que o quadro de estabilidade em relação à doença com o número de casos confirmados da doença está tendo uma queda.

Sendo assim, no decorrer das próximas semanas serão avaliadas as possibilidades de retorno dos treinos dos clubes que disputam competição nacional.

O protocolo de reabertura e retomada das atividades não está fechado e continua sendo debatido, devendo ser apresentado no próximo dia 15 de junho.

O governador Renan Filho e o prefeito Rui Palmeira, ainda reforçaram o apelo para que a população cumpra o isolamento social, ficando em casa, para que os índices da doença no estado continuem diminuindo.

fonte; 7segundos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *