Agente da PF é demitido após fazer suspeito passar em raio-x de bagagens

Revista O ministro André Mendonça (Justiça) demitiu na quinta (9) um agente da Polícia Federal. Francisco Nascimento respondeu a processo administrativo por ter colocado um passageiro suspeito em um equipamento de raio-x, no aeroporto de Manaus. O episódio foi em 2016. Ele foi demitido por “submeter pessoa sob sua custódia a vexame”.

Raro Na apuração interna, a PF obteve o vídeo da cena e ouviu testemunhas. Um agente da Infraero disse que “foi a única vez que presenciou um ser humano ser submetido à esteira do raio-x de bagagens”.

Gente Outro afirmou que “os raios-x são exclusivamente para fiscalização em objetos inanimados, sendo vedado o uso em seres humanos ou animais vivos, haja vista que tais equipamentos podem causar danos aos organismos vivos”. O Painel não localizou o agente.

Com Mariana Carneiro e Guilherme Seto

Fonte: Folha de Sâo Paulo – Poder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *